quinta-feira, 19 de março de 2015

o Meu Pai

Os meninos da Sala dos amarelos também vieram à biblioteca ouvir umas histórias sobre o Pai:



Que o dia do pai, seja todos os dias, assim como o dia da mãe, dos avós ou da criança.
Por vezes, mesmo que o pai não esteja presente ou tenha alguns problemas, que o amor de pai, seja algo real no coração dos filhos. Às vezes é a mãe, o avô, um tio ou irmão mais velho a desempenhar esse papel, mas o que importa é que a criança se sinta amada.
Estas pequenas histórias, mostram isso mesmo, como os filhos vêm o Pai: divertido, corajoso, trabalhador, comilão, mas também relatam a realidade: há crianças cujos pais já não estão presentes, ou têm problemas de saúde, no entanto, quando há amor, a frase final é sempre a mesma: ÉS O MELHOR PAI DO MUNDO!